Guy sempre foi um cara com uma forte veia artística e empreendedora.  O canadense se apaixonou pelo circo ainda pequeno, depois de ver uma apresentação do Ringling Bros. e Barnum & Bailey Circus em Quebec.

Ainda na escola, organizava diversos eventos com apresentações, e já cobrava dos adultos uma pequena taxa como ingresso.

Artista de Rua

Guy Laliberté tinha um objetivo na vida desde criança, viver da arte. Após terminar a escola, ele se mandou para Europa ganhar alguns trocados se apresentando nas ruas.

Guy tocava gaita e acordeom, e era habilidoso em ambos os instrumentos. Essa era sua única fonte de renda nas ruas europeias aos dezoito anos.

Ao se juntar com outros artistas, acabou aprendendo técnicas de malabares, perna-de-pau e cuspir fogo.

Guy se cansou d avida nômade, e achou que tinha cumprido sua missão no velho continente.

A Volta para Quebec

Guy Laliberté chegou em casa cheio de ideias e planos, amava a vida de artista, mas odiava ser quebrado, e não ter dinheiro para nada.

Ele começou a organizar festivais de artistas de rua na sua cidade, e o público quebequense aceitou com graça as apresentações.

A criação do Circo de Soleil

O Circo de Soleil foi criado em 1984, por Guy Laliberté e Gilles Ste-Croix. A data escolhida foi a celebração dos 450 anos de Quebec.

história-Cirque-du-Soleil-dono

O circo mais lucrativo do mundo não começou nada bem, a tenda caiu no primeiro espetáculo. Os fundadores também tiveram diversos problemas econômicos no começo do circo, os quais quase levaram a falência do grupo.

O Crescimento do Circo

As apresentações vazias, e o pouco faturamento, fizeram Guy mudar de estratégia.

Ele criou uma nova linguagem de Circo, e trouxe a tecnologia para os palcos.

O sucesso foi tão grande, que não queriam que o espetáculo morresse. Com a ajuda de alguns investidores, o Circo de Soleil fazia sua primeira turnê internacional na América do Norte.

Na década de 90, o circo já viajava por todo mundo, e tinha já espetáculos fixos em Las Vegas e Nova Iorque.

Os espetáculos ao longo do tempo, foram todos diferentes. Mas você vê a visão de circo de Guy em todos eles.

Muitos números musicais com canções atuais, sem absolutamente nenhuma fala, uso de luz e tecnologia, além da ausência por completa de animais.

dono-Cirque-du-Soleil

Vida Pós Circo

Guy Laliberté se tornou uma pessoa extravagante depois do circo. Além de ótimo jogador de poker (ficou em quarto lugar no prestigioso World Poker Tour Season Five), ele foi o primeiro canadense turista a ir ao espaço, e comprou um Atol inteiro na polinésia francesa.

× Quer receber atendimento exclusivo?